A HISTÓRIA

     Foi em 1879 na cidade de Hazelton Township, no estado de Michigan que surgiu a primeira sociedade de jovens, organizada por dois jovens, Harry Fenner de 17 anos e Luther Warren de 14 anos, mas somente 20 anos mais tarde é que a Associação de Ohio organizou uma associação de jovens denominada "Cristãos Voluntários".
     Somente em 1907 é que a Associação Geral oficializou e organizou o departamento Jovem e o Pastor M. E. Kern foi eleito diretor deste departamento. Após ser oficializado pela A.G. este ministério se tornou mais forte, e neste mesmo ano foi publicado um livro, contendo trechos bíblicos, chamado de "Vigília Matinal" tornando uma atividade importante para o futuro clube de Desbravadores, e foi criado um plano de estudos com o nome de "Padrões de Conquistas" que mais tarde viria a se chamar "Classes Progressivas" o precursor das nossas Classes de Desbravadores.
     Em 1911 alguns membros da igreja e pais de jovens, sentiram a necessidade de um programa para seus filhos que proporcionasse para eles atividades ao ar livre em contato com a natureza, desenvolvendo habilidades de acampamentos, foi então criado o "Takoma Indians Club" na cidade de Maryland, e a "Missão dos Escoteiros" no Tennessee em 1919.
     Em 1920 a Associação Geral nomeou uma Especialista em atividades para adolescentes para trabalhar junto ao Departamento Jovem, Harriet Holt imediatamente inicia suas atividades e em 1922, preparou as Classes progressivas, sendo duas delas para os mais novos, as classes de Amigo e Companheiro, e duas para os que estariam liderando, eram as classes, Camarada e Camarada Líder, hoje estas duas últimas classes têm o nome de Guia e Líder, estas classes compunham a base de atividades para o grupo que se chamava de "Sociedade dos Jovens Missionários Voluntários" conhecidos pela sigla M.V.
     No ano de 1928 foi introduzido no programa de atividades, dezesseis "Méritos Vocacionais" que foram os precursores das Especialidades que hoje são mais de 250 itens.
     Alguns grupos organizados para adolescentes surgiram, entre estes o "Vigilante Adventista" em 1939 na Suíça e os "Trailblazers" em 1942 no noroeste do Pacífico, mas foi em 1946 na Califórnia que foi criado o primeiro Clube de Desbravadores mantido por uma Associação e John Hancock desenhou o nosso emblema triangular que hoje é usado no mundo inteiro.
     Após a oficialização do Clube de Desbravadores pela Associação Geral na Conferencia de 1950, surgiram clubes ao redor de todo mundo e depois de três anos, 1953, foi realizado o primeiro Campori, em Camp Winnekeag, Massachusetts, Estados Unidos.
     Na América do Sul o primeiro clube a surgir foi na Igreja de Miraflores em Lima no Peru, em 1955, foi a partir de então que a denominação Conquistadores surgiu, designação oficial de Desbravadores em espanhol, a partir deste clube, vários outros surgiram na América do Sul.
     No Brasil as primeiras atividades dos Clubes de Desbravadores foi iniciada em 1960, na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo, foi fundado o Clube Pioneiros, com Edgar Tursílio como diretor, e em Santa Catarina na cidade de Lajeado Baixo, também foi fundado um Clube tendo Aroldo Fuckner como diretor.
     Até o ano de 2002, a Divisão Sul Americana possuía 144.531 Desbravadores em 4459 Clubes e 30.975 Aventureiros em 1.551 Clubes.
 

Principais Datas

1879 A Igreja Adventista de Hazelton, Michigan, USA, realiza a primeira reunião juvenil, coordenada por Luther Warren e Harry Fenner.
 
1890 Primeira publicação de um manual para liderança jovem.
 
1901 Associação Geral requer estudos para a organização de programas que fossem apropriados para os juvenis.
 
1904 Convenção de Mont Vernon, Ohio, USA. Reúne líderes de jovens e Escola Sabatina para tratarem da responsabilidade da igreja sobre os jovens.
 
1907 Criação do Departamento de jovens Missionários Voluntários (MV). Criado o Padrão de Realizações, precursor das Classes Progressivas, atualmente chamada de Classes para Desbravadores.
 
1909 Início das atividades das sociedades de Missionários Voluntários Juvenis (MVJ).
 
1911 Organizado o primeiro clube para juvenis, o "Takoma Indians Club", precursor do Clube de Desbravadores.
 
1919 Adoção do voto e da lei da Sociedade de Missionários Voluntários Juvenis.
 
1922 São criadas as primeiras Classes Progressivas MV. Nestas ocasião foram criadas as Classes de Amigo e Companheiro para juvenis, e Guia e Líder para os jovens que participavam do clube "Comrade Band". A. W. Spalding e Harriet Holt sugerem as idéias básicas do Clube de Desbravadores, lenço e uniformes são sugeridos.
 
1926 É realizado o primeiro acampamento jovem nos EUA.
 
1928 Criado 16 Méritos vocacionais, hoje conhecido como Especialidades.
 
1929 Aberto o acampamento de MVJ na Associação Sudeste da Califórnia com o nome de "Pathfinder" (Desbravadores).
 
1930 É fundado o primeiro Clube de Desbravadores na cidade de Santa Ana, EUA. Usaram o nome de Pathfinder, inspirados na história de um explorador americano, John Fremont, contada num acampamento. Criada as Classes Preliminares, hoje para clube de Aventureiros.
 
1936 União Central dos EUA adota uniforme completo para as "unidades" MVJ.
 
1946 Primeiro Clube de Desbravadores patrocinado por uma Associação, em Riverside, Califórnia. O Pr. Hancock idealizou o triângulo dos Desbravadores.
 
1947 Henry Bergh compõe o hino dos Desbravadores.
 
1948 Projetada a bandeira dos Desbravadores, e foi usada pela primeira vez na União do Pacífico, EUA.
 
1949 No dia 24 de agosto o movimento dos Desbravadores foi aceito pela Associação Geral.
 
1950 Neste ano, a Igreja Adventista do Sétimo Dia, oficializou o movimento dos Desbravadores. Laurence Skinner torna-se o primeiro diretor mundial dos Desbravadores.
 
1953 Realizado o primeiro Campori de Desbravadores, em Massachusetts, EUA.
 
1955 Organizado o primeiro Clube de Conquistadores (Desbravadores em espanhol) na América do Sul.
 
1956 Acrescentada a Classe de Pesquisador.
 
1957 É oficializado e incluído no calendário da igreja o Dia dos Desbravadores.
 
1958 Inicia-se as Classes Avançadas, e criada a Medalha de Prata.
 
1959 Pr. Wilson Sarli faz o primeiro sermão sobre Desbravadores na Igreja de Ribeirão Preto.
 
1960 Em março começam a funcionar oficialmente os primeiros Clubes de Desbravadores no Brasil.
 
1963 Jonh Hancock se torna diretor mundial dos Desbravadores.
 
1966 Início dos Aventureiros em Hartford, Connecticut, sob a dire&ccdeil;ão de Rita Vital. Acrescentada a Classe de Pioneiros.
 
1970 Léo Ranzolin (brasileiro) eleito diretor mundial dos Desbravadores.
 
1971 Primeiro Campori de Divisão, em Vasterang Suécia (Divisão Norte Européia-África Ocidental). Primeiro filme de Desbravadores "Pathfinder Drill" (Exercícios dos Desbravadores).
 
1978 As siglas MV (Missionários Voluntários) foi alterada para J.A. (Jovens Adventistas).
 
1980 Mike Stevenson (sul-africano) é nomeado diretor mundial dos Desbravadores.
 
1982 Acrescentada a Classe de Excurcionista.
 
1983 - 1984 Primeiro Campori de Desbravadores da Divisão Sul-Americana em Foz do Iguaçú, Brasil, nos dias 28/12/93 a 04/01/84, com o tema "Da Natureza ao Criador".
 
1986 Malcolm Allen (australiano) é nomeado diretor mundial dos Desbravadores.
 
1987 Primeiro Campori da União Central Brasileira em Avaré, S.P. de 28/01 a 03/02.
 
1988 Revisão do currículo dos Desbravadores.
 
1989 A Associação Geral oficializa o Clube de Aventureiros.
 
1994 Segundo Campori de Desbravadores da Divisão Sul-Americana, em Ponta Grossa, PR, de 10 a 16 de janeiro.
 
1995 Baraka G. Muganda (Tanzânia) é nomeado diretor mundial de Jovens.
 
1998 Primeiro Campori de Líderes da Divisão Sul-Americana, em Pucón, no Chile, com o tema "Na Direção de Deus", nos dias 12 a 17 de janeiro.
 
1999 Campori "Discover the Power" (Descubra o Poder), em Wisconsin, celebrando os 50 anos de Desbravadores.
 
Passaram-se mais de 150 anos desde a primeira iniciativa da igreja em atender os jovens. A história mostra que passo a passo esse ministério foi crescendo, se ajustando e buscando as melhores maneiras de “salvar do pecado e guiar no serviço”. Agora que estamos em pleno século 21, tempo de mudanças rápidas e liderança ágil, é preciso buscar novas maneiras de tornar a igreja aberta e atrativa, além de envolver e salvar nossos jovens.
 
O Clube de Jovens é a nova marca dessa história. É o Ministério Jovem buscando o caminho para envolver os jovens de hoje e atender suas necessidades. Os jovens gostam de atividades em grupo, precisam se sentir valorizados, querem um atendimento especial e direcionado, buscam desafios e crescimento e desejam uma experiência viva e prática com Jesus.

Procurar no site

"Levantai ao alto vossos olhos e vede. Quem criou estas coisas? Aquele que faz sair o seu exército de estrelas, todas bem contadas, as quais Ele chama pelo nome, e por ser Ele grande em força e poder, nem uma só vem a faltar." Is. 40: 26