A Complexidade do Cérebro 'Está além de Qualquer coisa Imaginada'

22-06-2012 11:42

 

Apesar de toda sabedoria acumulada até hoje, a ciência ainda não conseguiu respostas para as questões fundamentais, como a própria razão da existência do Universo. O que havia antes? Por que há vida? Por que só os humanos têm inteligência? Ou então, a pergunta que mais intriga algumas das mentes mais brilhantes hoje: como funciona a consciência humana?
 
Segundo os cientistas, esta uma questão tão palpitante que começa pela própria origem da espécie. Como e por que nos tornamos os únicos, entre bilhões de seres vivos, a desenvolver inteligência? 
 
Pensando nisso cientistas começaram a criar teorias, e uma bem conhecida é a teoria da Seleção Natural, desenvolvida por Charles Darwin (1809-82), que fala que toda essa complexidade aconteceu porque nossos primeiros antepassados foram favorecidos na evolução da vida: aprenderam a usar ferramentas, prever as ações de competidores, organizar a caça, partilhar informações e adaptar-se ao clima. Mas como no mundo da ciência onde o fato de criar se teorias é muito comum, quando a complexidade vai além de do imaginável, teorizaram que o cérebro funciona trabalhando de forma a realizar e trabalhar informações em partes isoladas,
 
Mas essa teoria caiu em descrédito depois de um estudo publicado pela revista Science que mostrou que o cérebro humano não tem “lados” nem realiza tarefas de forma isolada. Ele é todo interconectado e não existem áreas específicas responsáveis por funções específicas, como sempre nos foi ensinado. Leia Mais 
 
Por Muito tempo o cérebro tem sido comparado a computadores feitos pelo homem em sua capacidade impressionante para processar, armazenar, e as informações de rota. Mas uma nova técnica de mapeamento revelou que as conexões cerebrais apenas uma e as capacidades são muito mais numerosos e superam os de todos os computadores do mundo. E isso faz com que a questão de seu funcionamento está além do entendimento e para explicações naturalistas.
Os pesquisadores descobriram que a complexidade do cérebro é além de tudo o que tinha imaginado", segundo um artigo Norte Americano publicado na seção Health Tech da linha fonte de notícias CNET. Por exemplo, eles descobriram que o número total de sinapses em um cérebro mais ou menos igualou o número de estrelas em 1.500 galáxias Via Láctea! E padrões de memória e minúsculas em / desliga, que durante muito tempo foram pensados para residir nos corpos maiores de células neuronais, foram encontrados em vez de ser menor do que as conexões de sinapses minúsculos. Cada um dos neurónios espelhados no estudo serve milhares de sinapses. 
 
Um Professor Norte Americano da Universidade de Stanford,  e autor principal do estudo Stephen Smith, disse que "uma sinapse pode conter na ordem de 1.000 em escala molecular switches. Um único cérebro humano tem mais interruptores que todos os computadores e roteadores e conexões de Internet na Terra." Esta pesquisa multiplica o poder do cérebro de computação em geral muito além do que era anteriormente conhecido. 
 
O Cérebro é o mais Complexo sistema, Deixando uma fortes rastos de evidencias mostrando a sombra de que existe um Criador e projetista intencionalmente. 
 
O Deus da Bíblia permanece como a fonte mais sustentável para a explicação e é onde se encaixa como criador de toda a  complexidade especificada de neurônios interconectados do qual a vida animal e humana é muito comum. AA
 
 
 
Voltar

Procurar no site

"Levantai ao alto vossos olhos e vede. Quem criou estas coisas? Aquele que faz sair o seu exército de estrelas, todas bem contadas, as quais Ele chama pelo nome, e por ser Ele grande em força e poder, nem uma só vem a faltar." Is. 40: 26