Descoberta no DNA Contradiz a Evolução

22-04-2012 23:41

 

Você deve se lembrar de sua aula de biologia do ensino médio que os segmentos de DNA chamados de genes são transcritos e que a cópia, que é levemente diferente e chamada de RNA, é então traduzida numa sequência de aminoácidos que se dobra em uma nova proteína. E nas células mais complexas de eucariotos esse processo é mais elaborado porque os genes podem se dividir em múltiplos segmentos (chamados de éxons) no DNA. Isso significa que a transcrição do RNA precisa de alguma editoração para o entrelaçamento de regiões intermediárias. Você também deve se lembrar do seu professor explicando o processo de divisão celular, como o DNA é duplicado de modo que no fim há duas cópias idênticas do genoma da célula. Finalmente, você deve se lembrar do seu professor explicando que esses processos são encontrados em todas as formas de vida, provando assim novamente a evolução. Pois, com a evolução, você não pode ter coisas extraordinárias ocorrendo. Como o seu professor lhe garantiu, a evolução teria sido falsificada instantaneamente e descartada por todos os cientistas se, em algum lugar na Árvore da Vida, alguns organismos aqui e ali revelassem alguma outra maneira de agir.
 
Bem, adivinha só? Soluções extraordinárias estão por toda a parte na árvore evolucionária. O padrão esperado pelos evolucionistas não se revelou. Concernente aos mecanismos do DNA, considere o bem pesquisado eucarioto unicelular chamado Trypanosoma brucei. Sua mitocôndria (a organela que é a usina de energia da célula, transformando comida em combustível) emprega esquemas muito diferentes e incríveis. 
 
Primeiro, o DNA mitocondrial forma uma rede imensa e elegante organizada nos chamados maxicírculos e minicírculos. Há aproximadamente uns 20 maxicírculos e milhares de minicírculos. Os minicírculos são todos diferentes e colocados numa rede exatamente tridimensional em que cada um é interconectado com apenas três vizinhos. 
 
Essa rede é exatamente recriada, com cada minicírculo copiado e inserido no devido lugar, cada vez que a célula se divide em duas células irmãs. É um processo de replicação muito complicado. 
 
Cada minicírculo é duplicado e uma “etiqueta” de proteína é afixada à cópia indicando que é uma cópia, a fim de que aquele minicírculo particular não precise ser copiado. Enquanto isso está ocorrendo, toda a rede está girando lentamente entre dois nódulos opostos nos quais os minicírculos copiados são coletados. 
 
No que diz respeito à sequência de DNA-RNA-proteína, é usado um processo de editoração muito diferente. Ele é chamado de “editoração extensiva do RNA”, mas o rótulo não lhe faz justiça. Pois muitos, mas não todos, os genes da mitocôndria, centenas de nucleotídeos são adicionados à transcrição do RNA e dezenas deles são removidos. Tudo isso é feito sem erro, porque, se não for feito certo, o resultado seria provavelmente uma proteína inútil. Não surpreendentemente, tudo isso exige aproximadamente mil genes para construir somente algumas dúzias de genes. 
 
Essas são soluções muito especiais que não formam um padrão de árvore evolucionária. Nada em biologia faz sentido à luz da evolução. 
 
(Cornelius Hunter, 16 de abril de 2012) 

Nota do blog Desafiando a NomenklaturaCientífica: “Alô, MEC/SEMTEC/PNLEM! Evidências assim, que não corroboram aspectos fundamentais da teoria da evolução no contexto de justificação teórica, devem ser apresentadas nos livros didáticos de Biologia do ensino médio. Não apresentar isso aos alunos é desonestidade científica, 171 Epistêmico! Alô, Academia Brasileira de Ciências! Questões assim é que 
Francisco Salzano, Sergio Pena e demais signatários de uma carta enviada ao presidente da ABC deveriam expor em seus trabalhos sobre o que isso significa para a robustez ou a falência da Síntese Evolucionária Moderna! Em ciência, srs., o que vale são as evidências e não a teoria!”
 
Voltar

Procurar no site

"Levantai ao alto vossos olhos e vede. Quem criou estas coisas? Aquele que faz sair o seu exército de estrelas, todas bem contadas, as quais Ele chama pelo nome, e por ser Ele grande em força e poder, nem uma só vem a faltar." Is. 40: 26